A história da piscina

A palavra “piscina” é derivada do latim “pisces” que significa “peixe”. Pois, a princípio as piscinas nas casas romanas eram destinadas a criação de peixes, um verdadeiro “viveiro de peixes”, antes de se começarem as práticas de natação.

Hoje podemos dizer que o significado da palavra piscina seria “tanque de água destinado a práticas de natação, esportes aquáticos e recreação”.

De acordo com pesquisas sobre o assunto, os primeiros relatos encontrados a respeito da utilização da piscina para os seres humanos foram encontrados nas pirâmides do Antigo Egito que remontam a 2.500 A.C. E embora sejam relatos muito antigos, são os que mais se aproximam da definição atual de uma piscina, e estavam ligadas à decoração, com designs deslumbrantes e luxuosos.

Logo depois, temos os relatos da utilização da piscina pública em Roma e Grécia, embora fossem mais apreciadas e mais utilizadas pelos romanos. Em Roma podemos encontrar também belas e luxuosas piscinas, que hoje são uma relíquia. E também em Roma, foi onde surgiu a primeira piscina aquecida do mundo, construída pelo romano Gaius Maecenas. Após algum tempo a utilização de piscinas para a prática de natação, em Roma e Grécia passaram a serem obrigatórias na educação das crianças.

Já do outro lado do mundo, no Japão, existem relatos do uso de piscinas há mais de 2.000 anos, mas foi somente no século XIX que passaram a se tornar populares no ocidente. E entre 1.761 e 1.781 foram registradas as primeiras piscinas públicas na Europa.

Apesar de o Brasil ser um país tropical, com abundância em sol e calor, só passamos a utilizar as piscinas há poucas décadas, sendo a mais antiga construção de piscina registrada no país na década de 1920. Mas assim que elas chegaram até aqui, a sua maioria já possuía um sistema de filtração e limpeza da água com cloro.

Até algumas décadas passadas, ou talvez mais, as piscinas não possuíam água tratada. Sem cloro, sem filtração, sem proteção, os banhistas eram expostos a inúmeras doenças. Mas com a evolução da natação como esporte, junto ao surgimento dos estilos de nado (crown, borboleta, costas, peito), os praticantes exigiam por maior higiene, maiores espaços para treinamento e mais privacidade. E assim começam a surgir os primeiros métodos de tratamento da água para piscinas.

Hoje já possuímos tantas formas e técnicas de tratamento da água da piscina, deixando-as mais higiênica e mais adaptável para qualquer prática, seja esportiva ou somente lazer, que podemos ver hoje, construções de imensos parques aquáticos, com várias formas de diversão e lazer nos dias de sol.

(30-03)historia-da-piscinas-planalto-bh

As piscinas foram se tornando cada vez mais populares até se tornarem desejo de status e glamour para começarem a ser construídas em residências. As primeiras piscinas ditas residenciais eram privilégio de poucos. Mas com o passar dos anos, a utilização de novos materiais, o sonho de possuir uma piscina em sua residência começou a chegar ao alcance de mais pessoas, tornando-se mais popular ainda.

As piscinas que conhecemos hoje são significado de área de lazer e de encontro, tanto nas residências, nas escolas, prédios, clubes, etc. As piscinas deram à natação um status de saúde, recreação, além de constituírem um papel importante no elemento arquitetônico dos dias atuais. Vale lembrar que nadar, relaxar e se divertir na água é um hábito saudável.

A Piscinas Planalto oferece aos seus clientes a oportunidade de planejarem uma piscina que seja ideal para a sua área de lazer. Entre em contato conosco e faça um orçamento sem compromisso. Fale conosco (31) 34414314 / (31) 998367478WhatsApp / (31) 988118299.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *