Seguindo com nossa série de artigos sobre a construção de piscinas de vinil, hoje continuaremos de onde paramos no artigo no artigo anterior. Para não ficar perdido e seguir a ordem da série, recomendamos que você leia primeiro o texto: “Construção de piscinas de vinil – Parte 1“, onde falamos detalhadamente sobre o local da construção, a escavação, a estruturação e a construção do tanque da piscina.

Hoje vamos continuar de onde paramos ok?

Construção da piscina de vinil passo a passo

Reboco das paredes da piscina

Antes de rebocar, é importante chapiscar todas as paredes da piscina. Feito isso, utilize talisca e réguas para demarcar o reboco e aplique uma camada de dois centímetros. Utilizando o sarrafo, deixe o reboco uniforme e com uma desempenadeira deixe-o o mais liso possível.

Em todos os quatro cantos da piscina, faça um quebra-ângulo de 7cm dando acabamento com uma brocha.

Em seguida, espalhe e nivele com um sarrafo, a brita no fundo da piscina. Esta brita será concretada para que se adeque ao piso.

Concretagem do fundo da piscina

Construção da piscina de vinil - Concretagem do fundoUtilizando uma trena, confirme a altura da piscina e use taliscas para preparar a concretagem do fundo. Lembrando que o fundo da piscina deverá ter 6cm de concreto magro e 2cm de vermiculita. Estes oito centímetros já foram previstos antes da escavação da piscina de acordo com nosso texto anterior “Construção de piscinas de vinil – Parte 1”. É nesta fase da obra que chumba-se o ralo de fundo da piscina. Ele deve ficar 2cm acima do concreto para que ele fique nivelado com a aplicação da vermiculita.

Depois de chumbar o dreno da piscina, concreta-se o fundo e alisa-se o concreto magro utilizando uma régua de madeira para a aplicação da vermiculita.

Casa de máquinas da piscina

A casa de máquinas da piscina deve ser construída a 30cm abaixo do nível da borda da piscina possibilitando que a motobomba trabalhe abaixo do nível da água. É válido também pensar que a casa de máquinas não deve ser construída muito longe da piscina para evitar a sobrecarga do sistema.

Neste ponto, faz-se a escavação da casa de máquinas, tira-se o nível, concreta-se o fundo da casa de máquinas e inicia-se a construção da parede de blocos de maneira convencional. Chapisca-se, reboca-se e coloca-se o teto utilizando o sistema de lage tradicional.

Sistema Hidráulico da piscina

Construção de piscinas de vinil - Sistema hidráulico da piscinaA primeira parte na construção do sistema hidráulico da piscina é determinar nas paredes da piscina onde serão colocados os dispositivos de retorno, os dispositivos de aspiração. Em geral, eles devem estar a 30cm da borda da piscina.

O dispositivo de aspiração deve ficar no centro da parede da piscina que determina o seu comprimento, ou seja, na região central da maior parede da piscina, e de preferência, o mais próximo da casa de máquinas.

O dispositivo de retorno deve ser colocado na parede que determina a largura da piscina no lado oposto do ralo de fundo.

Depois de determinar onde eles ficarão, é hora de começar sua interligação hidráulica à casa de máquinas. Todos os dispositivos deverão ser colados inicialmente a um tubo de 30cm que será ligado à tubulação que vai para a casa de máquinas. Neste momento, cole o ralo de fundo à tubulação e leve-a até a casa de máquinas da piscina.

Construção de piscinas de vinil - Sistema hidráulico da piscinaFeito isto, é hora de chumbar os dispositivos na parte interna da piscina lembrando de protegê-los para não encher de cimento. Os refletores da piscina devem ser instalados 60cm abaixo da borda da piscina com uma distância entre eles de até dois metros. Com uma tubulação de 3/4, leva-se a fiação até a caixa de passagem colocada no piso.

Utilize uma brocha para aplicar cimento queimado em todas as superfícies do tanque. Limpe bem o fundo da piscina par a aplicação da vermiculita.

Para a aplicação de três sacos de vermiculita utiliza-se 1 saco de cimento e 1 de cal. Com a adição de água à esta mistura, forma-se uma massa que deve ser aplicada sobre o concreto com o auxílio de uma desempenadeira deixando-o no nível do ralo de fundo. É interessante lembrar que esta camada deverá ter dois centímetros, de acordo com o que vimos no primeiro artigo desta série.

Continua…

No próximo texto veremos a parte final da construção de uma piscina de vinil. Vale lembrar que esta série visa esclarecer superficialmente os aspectos gerais da construção de uma piscina de vinil padrão. Entretanto, faz-se necessário lembrar que cada piscina deve ser feita de maneira individual, não havendo uma “receita” para seguir. Na construção de piscinas de vinil, cada caso é um caso e deve ser visto de maneira particular ok?

Continue acompanhando no texto “Construção de piscinas de vinil – Parte 3“.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *