Hoje vamos continuar nossa sequência de publicações sobre a construção de piscinas de vinil. Já publicamos dois textos da série e este será o terceiro.

Para não ficar perdido e seguir a ordem da sequência sobre construção de piscinas de vinil, recomendamos que você leia primeiro o texto: “Construção de piscinas de vinil – Parte 1″ e “Construção de piscinas de vinil – Parte 2” pois já falamos de muita coisa…

Falamos detalhadamente sobre o local da construção, a escavação, a estruturação, a construção do tanque da piscina, o reboco das paredes, a concretagem do fundo, sobre a casa de máquinas e o sistema hidráulico da piscina.

Hoje vamos continuar de onde paramos até o final da construção da piscina ok?

Construção da piscina de vinil passo a passo

Colocação do perfil de PVC

Fixação do vinilO perfil de uma piscina de vinil é o que segura o bolsão e deve ser colocado perfeitamente alinhado com a borda da piscina.

A colocação deve ser feita pelos cantos, com a utilização de parafusos e buchas (número 6) a cada 30 centímetros por todo o perímetro da piscina.

Contrapiso da piscina

O contrapiso deve ser feito em todo o entorno com a queda voltada para a parte externa.

Toda a parte de alvenaria, incluindo o piso e o contrapiso, deve ser feita antes da instalação do bolsão de vinil. Esta ordem é necessária para assegurar que resíduos da construção entrem em contato com o vinil.

Instalação da casa de máquinas

Depois de tudo isto pronto, é hora de instalar os equipamentos na casa de máquinas.

Para isto, siga o manual de instruções da motobomba e do filtro da piscina que você adquiriu pois existem muitos detalhes que devem ser observados para garantir a durabilidade e a alta performance do sistema de filtração.

Instalação do bolsão de vinil

Depois de instalar o filtro, a bomba e todos os outros equipamentos na casa de máquinas, é hora de cuidar do bolsão de vinil.

O vinil deve estar de acordo com as medidas da piscina neste momento. Isso significa dizer que, só depois de todo este processo, é que se deve solicitar a confecção do vinil.

Para realizar a instalação do bolsão de vinil, é imprescindível lixar todas as superfícies da piscina, as paredes e o fundo, e em seguida varrer minunciosamente para retirar possíveis impurezas que, caso permaneçam, tem potencial para marcar e/ou danificar o vinil.

Depois de limpar bem o tanque da piscina é hora de lidar com as guarnições do ralo de fundo e dos dispositivos de aspiração e retorno.

Instalação do bolsão de vinilUtilizando uma cola própria para esta finalidade, cola-se as guarnições ajustando bem a posição dos furos. Somente depois de instalar todas as guarnições, pode-se partir para o grande momento: a instalação do bolsão de vinil.

Neste momento, retire os sapatos e trabalhe descalço no interior da piscina.

Abra o bolsão de vinil no fundo da piscina e prenda-o no perfil de PVC começando pelos cantos para não causar dobras no vinil. Com a ajuda dos pés na parte inferior do bolsão, vá encontrando-o nas laterais e prendendo-o no perfil.

Deixe um dos cantos da piscina sem prender o bolsão. Neste ponto deve-se colocar o aspirador para retirar o máximo de ar existente entre as paredes da piscina e o bolsão de vinil.

Com o auxílio de um pano é possível minimizar os efeitos do vazamento de ar. Ligue o aspirador para retirar o ar presente entre o bolsão e a piscina e vá retirando com as mãos todas as rugas que surgirem no vinil antes de encher a piscina.

Depois de retirar todas as rugas é hora de começar a encher nossa piscina de água…

Enchendo a piscina

A primeira coisa a se fazer no primeiro abastecimento da piscina é colocar cerca de 30 centímetros de altura de água na piscina e parar para a instalação da parte superior do ralo de fundo.

Com a ponta de um parafuso, localize todos os furos da segunda guarnição e instale-a.

Depois de instalar esta segunda guarnição, faça um corte em forma de cruz no vinil e coloque a tampa do ralo de fundo.

Durante todo o primeiro abastecimento da piscina é importante que fique alguém em seu interior para ir ajustando o vinil, em especial o encontro do fundo com a parede, onde se faz necessária maior atenção às rugas e imperfeições.

No momento em que a água estiver chegando na altura dos refletores é hora de colocar a segunda guarnição, assim como fizemos inicialmente com o ralo de fundo. O único diferencial é o recorte no vinil que, ao invés de ser em formato de cruz, deverá seguir o formato do refletor, que, em geral é redondo.

Esta instalação se repete quando a água estiver chegando próximo aos dispositivos de retorno e ao dispositivo de aspiração da piscina.

Depois de todo este processo, podemos retirar o aspirador de pó da lateral da piscina e prender o que falta do bolsão no perfil de PVC.

Sua piscina de vinil está pronta

Piscina de vinil pronta!Agora é hora de cuidar do tratamento e aproveitar sua piscina de vinil!

É fácil perceber que são muitos detalhes e peculiaridades que devem ser observadas sob o risco de ter um sonho se transformando em pesadelo. Por isso a Piscinas Planalto adverte: conte sempre com uma empresa série, respeitada no mercado pelo seu histórico e bem falada entre seus clientes.

A Piscinas Planalto trabalha a mais de duas décadas no mercado de piscinas e sabe bem os possíveis contratempos deste trabalho.

Confira o que nossos clientes dizem na seção Depoimentos de Clientes. Veja o que dizem de nós!

Temos o maior orgulho do trabalho que fizemos até hoje e continuamos a fazer graças ao voto de confiança de cada cliente.

Agora que você já sabe o passo a passo para a construção de uma piscina de vinil, que tal construir a sua? Entre em contato conosco! Estamos sempre à disposição!

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *