Melhor tratamento para a água da piscina? (Ozônio)

Com tantas opções de tratamento para piscinas surgindo hoje no mercado, fica difícil saber qual dessas opções é a melhor maneira de tratar a água da piscina. E muitos são os que nem mesmo conhecem estas outras opções. Por isso hoje iniciaremos uma série de artigos falando um pouquinho sobre cada tipo de tratamento para a água da sua piscina.

Existem várias formas de tratamento disponíveis hoje no mercado, e por isso vamos explicar cada um deles em um artigo específico sobre aquele tipo de tratamento. Desta forma fica mais fácil identificar as diferenças em cada um deles. E o artigo de hoje é sobre o tratamento com Ozônio.

Conheça um pouco sobre este tipo de tratamento:

– Ozônio (O3)

O ozônio é considerado um dos tratamentos mais eficientes e ecologicamente corretos. Trata-se de um tratamento com um gás natural. O tratamento da piscina com o ozônio conta com um equipamento composto por um gerador de ozônio e um misturador, em alguns casos, colocados na tubulação da piscina.

É o mais poderoso agente oxidante viável comercialmente. É 100 vezes mais eficiente que o cloro, combatendo microrganismos que o cloro não consegue, assim como a Giardia ou o Crysptosporidium, e de uma forma muito mais rápida.

O ozônio é um componente natural da atmosfera, cuja base é o oxigênio. O método de ionização faz com que a água da piscina retorne limpa, agindo durante sua mesclagem como bactericida, desodorizante e descolorante, além de não deixar nenhum resíduo ou cheiro na água.

tratamento-ozonio-piscinas-planalto-bh1O ozônio hoje é usado no tratamento de piscinas de competições aquáticas nos principais países do mundo e também no Brasil. E seu uso residencial também vem crescendo, pois também tem o benefício de não irritar a pele, os olhos e as mucosas dos banhistas garantindo maior prazer e conforto. É ecologicamente correto uma vez que utiliza o ar como matéria prima e libera o mesmo gás como resíduo. Mais algumas de suas vantagens são os fatos de consumir pouca energia elétrica, causar menos alergias e também não provocar corrosões nos equipamentos da piscina.

É uma excelente opção de tratamento para sua piscina. Mas não pode ser utilizado como uma troca ao uso do cloro. O ozônio, ao tratar a água que passa pela casa de máquinas, retorna esta água da piscina limpa, mas também desprotegida contra qualquer contaminação, pois a água retorna sem nenhum resíduo do ozônio. Por isso o cloro residual também deverá ser mantido no tanque para a proteção da água.

Mas a boa notícia é que mesmo com o cloro residual, as piscinas tratadas com o ozônio eliminam totalmente desconfortos como, ardência nos olhos, pele e cabelos ressecados, dentre outros problemas alérgicos também. E a água deixa uma sensação de água limpa, sem nenhum produto químico.

Esperamos ter esclarecido algumas dúvidas de nossos leitores e curiosos. Mas para aqueles que desejam saber um pouco mais sobre o assunto do tratamento de piscinas com ozônio, a Piscinas Planalto se disponibiliza a esclarecê-las.

Comente em nosso artigo ou entre em contato conosco para qualquer esclarecimento. Fale conosco: (31) 34414314 / (31) 998367478WhatsApp / (31) 988118299.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *